CODESAL
PMS SAUDE O1
AFRO BLITZ
Tecnologia

É possível vender mais investindo menos em anúncios?

Com o crescimento exponencial do marketing digital, empresas utilizam estratégias orgânicas para prospectar clientes e expandir seu negócio.

11/05/2022 21h05Atualizado há 1 semana
Por: Redação
Fonte: Agência Dino
freepik.com
freepik.com

Com o advento da internet a necessidade de destacar-se em meio a um mar de outras empresas é crescente, o marketing digital permitiu a democratização do acesso a ferramentas de anúncios, antes restritas apenas a empresas com departamentos e investimentos robustos em marketing. Anúncios são muito utilizados como ferramenta principal de captação de leads (clientes em potencial), mas demandam investimento e conhecimento do público-alvo. Uma alternativa orgânica muito utilizada é a Otimização dos Mecanismos de Busca, o SEO.

Uma pesquisa feita pelo próprio Google revelou que diariamente são feitas 3,5 bilhões de pesquisas utilizando mecanismos de buscas, e o SEO consiste no desenvolvimento de estratégias de otimização dos conteúdos do seu site para que ele se destaque em meio as pesquisas orgânicas. A mesma pesquisa comprovou que os cinco primeiros links da página de pesquisa do Google recebem cerca de 67% dos cliques dos usuários, com uma taxa de 14% de conversão de leads, resultados bastante expressivos quando comparados a outros tipos de estratégias orgânicas.

Segundo Felipe Jacobini, especialista em marketing digital e CEO da Agência UPLevel Marketing Digital, “Investir em SEO é um grande passo para solidificar a sua empresa no mundo digital, pois utiliza estratégias que não envolvem a compra de espaços de mídia, reduzindo os custos de aquisição de clientes e aumentando o tráfego orgânico, número de Leads e o retorno sobre investimento de maneira muito significativa a médio e longo prazo.”

Todo esse ranqueamento de pesquisas é feito através de inúmeros algoritmos e automatizações, segundo o próprio Google, mais de 200 itens são avaliados para definir o posicionamento de um site nas pesquisas orgânicas. “É impossível sabermos como funcionam individualmente os critérios internos de avaliação do Google, porém, é consenso que fatores como: Qualidade e relevância do conteúdo publicado, produção de textos para blogs, uso de palavras-chave, velocidade de carregamento da página, escaneabilidade do texto, linkagem interna de conteúdos semelhantes no próprio site, linkagem externa do seu conteúdo em sites relevante e naturalidade do texto, são estratégias fundamentais para melhorar o rankeamento do seu site nos mecanismos de busca” reforça Felipe Jacobini.

Em 2020, empresas nativas dos EUA investiram cerca de US$ 79 bilhões em serviços de Otimização dos Mecanismos de Busca, um aumento de 20% quando comparado ao mesmo período no ano de 2016, indicadores que comprovam o crescimento da importância que empresas de micro, pequeno, médio e grande porte dão ao SEO de seus sites.

“O SEO deixou de ser diferencial e passou a ser fundamental para o sucesso de qualquer negócio presente na internet, afinal, 97% dos brasileiros utilizam mecanismos de busca ao navegar pelo mundo digital” conclui Felipe.

Para saber mais sobre marketing digital, basta acessar

Ele1 - Criar site de notícias