PMS SAUDE O1
AFRO BLITZ
CODESAL
Ilhéus

Porto de Ilhéus registra recorde de movimentação de produtos em 2021

Prefeito Mário Alexandre, afirma que esse recorde traduz o aquecimento do ambiente de negócios que a cidade vive

26/01/2022 17h36
Por: Redação

Um recorde no Porto de Ilhéus foi registrado em 2021 com um total de 465.590 toneladas de produtos movimentados em trinta e dois navios de cargas, entre os anos de 2016 e 2021. O dado, apresentado pela Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba) à secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação de Ilhéus (SDE), foi bem recepcionado pelo município e pelo Estado. Isto porque, o aumento da atividade portuária é um sinal positivo do mercado e reflete o crescimento da atividade comercial.

Com capacidade de operar navios com capacidade de até 60 mil toneladas, o Porto de Ilhéus transporta produtos como manganês, níquel, soja, milho, amêndoas, óxido de magnésio, magnesita, concentrado de níquel, máquinas e peças industrializadas. A projeção, é que o equipamento também realize a logística de novos produtos como algodão, açúcar e álcool, aumentando, assim, sua produtividade. Por outro lado, com o funcionamento do Porto Sul vindo a acontecer, o Porto de Ilhéus continuará em operação para apoio e manutenção do novo modal.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, afirma que esse recorde traduz o aquecimento do ambiente de negócios que a cidade vive atualmente, bem como a confiabilidade do mercado em escoar produtos por Ilhéus. “Uma notícia que merece ser comemorada, pois mostra o destaque de Ilhéus na Bahia, no país e no mundo. Isso representa mais arrecadação para Ilhéus e para o Estado, com mais receita para investimentos públicos, desenvolvimento econômico e social”, comemorou.

Para a secretária de Desenvolvimento Econômico e Inovação de Ilhéus, Soane Galvão, o aumento da importação de cacau em 2021, se relaciona às demandas das indústrias moageiras instaladas no distrito industrial de Ilhéus. “Nosso polo industrial moageiro do Sul da Bahia, processa 95% do cacau do Brasil, correspondente a 275 mil toneladas ao ano, o maior da América Latina. O fato de Ilhéus se tornar um polo de desenvolvimento, com mais infraestrutura econômica como o Porto Sul e a Fiol, é natural que seja o lugar de referência para o escoamento e recebimento de produtos, conservando cerca de mil empregos na alta operacionalização portuária”, sublinhou. Soane também possui assento no Conselho de Administração Portuária e tem participado ativamente dos assuntos de deliberação do porto de Ilhéus, contribuindo na tomada de decisões. É a primeira vez na história de Ilhéus, que o município tem representatividade no órgão.

Ele1 - Criar site de notícias