AFRO BLITZ
CODESAL
PMS SAUDE O1
Salvador

Tinoco cobra informações sobre contrato da Ponte Salvador-Itaparica

Vereador enviou ofício ao secretário de Infraestrutura solicitando informações sobre as mudanças realizadas pelo estado

20/01/2022 18h09
Por: Redação
Divulgação
Divulgação

 

 

O vereador Claudio Tinoco (DEM) cobrou, nesta quarta-feira  (19), ao governo do estado informações sobre o contrato da Ponte Salvador-Itaparica. Em entrevista ao site Bahia Notícias no Ar, Saulo Pontes, superintendente da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), informou que houve um “reequilíbrio econômico-financeiro dos contratos” e que os acordos receberam alinhamento do governo do estado.

Tinoco, que foi secretário estadual de Infraestrutura durante a gestão do ex-governador Paulo Souto, enviou ofício ao secretário de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, solicitando informações sobre as mudanças realizadas pelo estado no contrato. O parlamentar questionou quais foram as alterações ocorridas no realinhamento, se houve alteração no valor do contrato, já que o governador havia divulgado que o preço para construir a Ponte Salvador-Itaparica havia dobrado por conta da subida dos preços dos insumos,  principalmente do cimento e do aço, no mundo, por conta da pandemia do novo coronavírus.

O vereador ainda questionou se houve alteração no prazo de execução da obra e cronograma, se a contrapartida ou contraprestação a ser apresentada pelo Estado da Bahia sofreu algum tipo de mudança, se houve alteração na forma ou valores de remuneração/receita da empresa contratada e se houve aumento nos valores previstos para as tarifas de pedágio.

“É preciso que o governo dê transparência às alterações realizadas, informando todos os impactos no projeto, no tempo de execução da obra e as alterações financeiras desse realinhamento realizado”, defendeu Tinoco.

Conforme o parlamentar, o projeto da Ponte Salvador-Itaparica foi anunciado pela primeira vez no dia 24 de março de 2009, na gestão do governador Jaques Wagner. “Durante um evento com o então presidente Lula, Wagner disse que entregaria à ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, um projeto para a construção do equipamento. Há 13 anos a obra é prometida pelos governos petistas e não sai do papel, levando a população a descrédito de sua realização”, concluiu Tinoco.

 

Ele1 - Criar site de notícias