CMS

Líder do governo destaca expectativa para retorno das sessões na CMS pós recesso legislativo

Câmara Municipal de Salvador realiza a primeira sessão na próxima quarta-feira (4).

03/08/2021 16h24
Por: Redação
Fonte: Ascom
173

Após recesso parlamentar da Câmara Municipal de Salvador, a Casa realiza a primeira sessão na próxima quarta-feira (4). O líder do governo, vereador Paulo Magalhães Jr. (DEM) ressaltou a produtividade da CMS no primeiro semestre do ano, em meio às dificuldades impostas pelo coronavírus. 

"Em nenhum momento deixamos de trabalhar, muito pelo contrário, não nos furtamos do nosso dever de representar a população soteropolitana. No primeiro semestre direcionamos nossos esforços para o enfrentamento a pandemia. E agora, além de continuar a batalha contra o vírus, vamos encarar novos desafios. Temos a expectativa de retomar os trabalhos presenciais na Casa, as sessões, que até então foram semipresenciais, com fé em Deus e na ciência, logo poderão voltar à normalidade, o que nos dá mais folego. Depois de perdas irreparáveis, a sensação que as coisas estão voltando ao normal enche nosso coração de felicidade e nossa alma de ânimo”, disse Magalhães. 

O edil destacou alguns projetos aprovados no primeiro semestre do ano. “O trabalho foi incessante. Ampliamos o Salvador por Todos, auxílio de R$ 270 para pessoas em situação de vulnerabilidade, em decorrência da pandemia de coronavírus. Além disso, também foi aprovado o SOS Cultura, matéria que beneficia trabalhadores de eventos com renda de até três salários mínimos. A Câmara Municipal de Salvador aprovou, dentre outros projetos, o PL 137/21, que institui o Programa CredSalvador e cria o Fundo de Crédito Emergencial do Município. Nós, vereadores, também aprovamos, por unanimidade, o projeto Pé na Escola, que garante convênios entre a Prefeitura e escolas da rede privada para a oferta de vagas aos estudantes do município. Não podemos deixar de citar o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) para 2022, que define prioridades do programa de trabalho e as metas fiscais da administração municipal”, destacou Magalhães.

Ele1 - Criar site de notícias