PLDO

Câmara de Salvador aprova PLDO e prorrogação do "Salvador por todos"

O PL define prioridades do programa de trabalho e as metas fiscais da administração municipal.

07/07/2021 18h24
Por: Redação
Fonte: Ascom
181

O líder do governo na Câmara Municipal de Salvador, vereador Paulo Magalhães Jr (DEM) ressaltou a prioridade nas áreas de educação, saúde e assistência social, no Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) para 2022, aprovado nesta quarta-feira (08). A LDO 2022 tem previsão de R$ 8,3 bilhões de receita.  A votação aconteceu na tarde de hoje no plenário da Casa Legislativa, em sessão semipresencial. 

O PL define prioridades do programa de trabalho e as metas fiscais da administração municipal. O edil destacou que, mesmo com todos os problemas que a pandemia trouxe para a economia do município, o Executivo priorizou investimentos nas áreas de educação, saúde e assistência social, abrangendo a qualificação dos servidores municipais nessas áreas. “A construção do PLDO impôs desafios para os técnicos na missão de fixar despesas que caibam no orçamento, dentro de um processo equilibrado. A Câmara cumpriu seu papel, em mais uma nítida demonstração de compromisso com a cidade.  Analisou, discutiu e elaborou emendas que aprimoraram ainda mais o projeto”, disse o vereador. 

Paulo Magalhães também parabenizou o empenho das comissões na análise do PLDO. "Os pares, de forma democrática, entenderam o comprometimento da gestão com a área social e também com a retomada da economia", afirmou

Salvador por Todos 

A Câmara Municipal de Salvador também aprovou, em sessão solene, a prorrogação do auxílio Salvador por Todos, que prevê o pagamento de R$ 270 para categorias em vulnerabilidade diante das medidas de isolamento social da pandemia da Covid-19. A aprovação do texto, encaminhado pela Prefeitura de Salvador, autoriza o pagamento da parcela do mês de julho.

"A capital baiana é a única dentre as demais cidades do país que, desde o início da pandemia, manteve de forma ininterrupta o auxílio emergencial para os trabalhadores e famílias mais afetadas pela pandemia. A Câmara Municipal faz parte dessa vitória, e quem ganha é o povo que mais precisa", disse Magalhães.

Ele1 - Criar site de notícias