Saúde Mental

Paulo Magalhães Jr propõe criação de Núcleo de Atendimento à Saúde Mental para alunos da rede pública

Os pacientes terão orientações acerca de medidas para o enfrentamento de sentimentos como medo, estresse, ansiedade, pânico e depressão

27/04/2021 21h27
Por: Redação
Fonte: Ascom
12

O líder do governo na Câmara Municipal de Salvador, vereador Paulo Magalhães Jr (DEM), apresentou um Projeto de Lei na Casa Legislativa, que cria o Núcleo de Atendimento em Atenção à Saúde Mental e Transtornos Psicológicos (NASM) decorrentes da pandemia da COVID-19 aos alunos da rede pública de ensino. “O coronavírus mudou a rotina de todos. Nossos jovens tiveram sobrecarga emocional, precisaram conciliar aulas virtuais com a rotina familiar e o medo da doença. Com isso, muitas crianças e adolescentes desenvolveram doenças mentais, tais como síndrome do pânico, ansiedade, etc.  Considerando a gravidade do problema e as consequências que essas doenças podem trazer para o ser humano, o projeto propõe o cuidado específicos com os alunos da rede pública”, afirmou.

Para viabilizar o projeto, a ideia é que sejam feitos convênios e parcerias com entidades públicas e privadas que prestem atividades correlatas. Conforme o texto apresentado, o NASM será responsável por prestar assistência aos alunos(as) da rede pública, nas várias especialidades que atuem em conjunto a psiquiatria e a psicologia, desenvolvendo ações e atividades de promoção, prevenção e recuperação no âmbito da  saúde mental das crianças e adolescentes, acometidos por síndromes do pânico, ansiedade, transtornos depressivos, entorpecentes e demais problemas mentais decorrentes da pandemia do coronavírus.

O Núcleo, contará com uma equipe multidisciplinar, que através de ações e serviços oferecidos, irá promover assistência pública especializada aos alunos vítimas dos efeitos do isolamento social. O atendimento aos pacientes poderá ser realizado presencialmente e/ou à distância. “ O objetivo é montar uma equipe capacitada para identificar essas questões e contribuir com o restabelecimento do bem-estar e da qualidade de vida dos alunos da rede pública de ensino. Com profissionais que tenham passado por treinamento específico e com abordagem direcionada ao cenário atual, o Núcleo vai atender aqueles que foram vítimas do isolamento social imposto pela pandemia”, disse o edil.

Na sugestão da proposta, o  NASM também vai realizar campanhas de conscientização acerca da importância da assistência à saúde mentais das vítimas da Covid-19 ou de familiares de vítimas que necessitem deste tipo de atendimento. Os pacientes terão orientações acerca de medidas para o enfrentamento de sentimentos como medo, estresse, ansiedade, pânico e depressão.

Ele1 - Criar site de notícias