100 dias

Líder do governo destaca atuação de Bruno Reis nos 100 primeiros dias de gestão

Vereador afirma que Salvador possui o melhor e maior esquema de logística de aplicação de vacinas do país.

11/04/2021 11h48Atualizado há 1 mês
Por: Redação
Fonte: Ascom
47

 

O líder do governo na Câmara Municipal de Salvador, vereador Paulo Magalhães Jr (DEM) destacou a atuação do prefeito Bruno Reis nos 100 primeiros dias de gestão, completados no último sábado (10).

Para o edil, os esforços da Prefeitura foram direcionados, para o combate ao coronavínus, na missão de preservar a vida dos soteropolitanos. "O prefeito Bruno Reis assumiu a cidade numa fase de grande complexidade da pandemia, em que todos os esforços foram destinados para evitar o colapso. Impedir que vidas fossem ceifadas por falta de atendimento foi a prioridade do governo. Dessa forma, enxergo que a gestão foi amplamente direcionada para os segmentos de saúde e assistência social, e acredito que não poderia ser diferente," afirmou.

Magalhães destacou medidas adotadas pela Prefeitura de Salvador para acelerar o processo de vacinação e evitar o colapso na rede de saúde. "Foram instalados cinco hospitais de campanha, quatro pontos de atenção à urgência, três unidades de suporte ventilatório, e um novo gripario. Em comparação ao número de leitos, tivemos um acréscimo significativo. Em 2020 haviam 499 leitos, sendo 228 de UTI e 271 clínicos. Agora em 2021 são 615 vagas, 266 delas de terapia intensiva e 349 clínicas," disse.

Segundo o edil, Salvador possui o melhor e maior esquema de logística de aplicação de vacinas do país. "Podemos destacar como itens principais, recordes diários de imunização contra Covid-19, a prefeitura de Salvador montou o melhor e maior esquema de logística de aplicação de vacinas do país. São 14 pontos de drivers e 14 pontos fixos espalhados pela cidade, além da criação genial do site filômetro, que facilita a vida da pessoa que vai tomar a vacina, evitando grandes filas e aglomeração."

No mês passado, a Câmara Municipal aprovou o projeto que prorroga o pagamento do Salvador por Todos por mais três meses. "Na área social, Salvador é a única cidade brasileira que manteve interruptamente o auxílio emergencial, com recursos próprios, desde o início da pandemia.Também não posso deixar de citar o SOS Cultura, que é auxílio destinado para os profissionais do setor cultural.

Os restaurantes populares ampliaram a capacidade de atendimento, saindo de 700 refeições distribuídas diariamente para 1 mil, dentre tanto outras medidas direcionadas ao enfrentamento da pandemia", destacou Magalhães.

Apesar dos esforços da Prefeitura estarem voltados para o combate contra à Covid-19, Magalhães ressaltou que as obras na cidade não foram paralisadas. "Mesmo nesse período de dificuldade, foram entregues esse ano, a Estrada das Pedreiras (CIA/Aeroporto), Parque Lagoa do Dinossauros (Stiep), cobertura do canal e requalificação da Rua Manoel Bonfim (São Marcos), requalificação da Rua 1º de Maio (Alto de Coutos), além de 13 praças, dez academias de saúde, duas contenções de encostas e 18 geomantas. Na área da Educação, foi inaugurada uma unidade de ensino e 11 delas estão com obras em execução. Com o Iluminando Nosso Bairro, em 100 dias, foram entregues 8.177 pontos em LED, além da substituição de 13.857 lâmpadas de sódio (amarelas) por LED (brancas). Com o Morar Melhor, a gestão entregou mais de 2 mil casas reformadas e outros 836 imóveis em situação precária passam por melhorias. Estão sendo construídos e/ou reformados 40 campos e quadras. Ou seja, o trabalho não parou em nenhum segmento", concluiu Magalhães.

Ele1 - Criar site de notícias