Eleições OAB

Dinailton acusa candidatas de apoiar omissão da OAB-BA sobre prerrogativas

Afirmação foi feita no debate da Rádio Sociedade

19/11/2021 09h24
Por: Redação
273

“Não vejo essa diretoria da Ordem defender advogados na defesa das nossas prerrogativas, nem nunca vi as duas candidatas situacionistas se rebelarem contra essa omissão, mesmo estando no grupo que está há anos no poder. É agora, no final da gestão, que vão fazer?”.  O questionamento foi feito pelo candidato à presidência da entidade pela chapa OABpraValer/58, o ex-presidente Dinailton Oliveira, durante o debate promovido na manhã desta quinta-feira (18), pela Rádio Sociedade, referindo-se às candidatas Ana Patrícia Dantas, atual vice-presidente, e Daniela Borges, conselheira federal.

 Dinailton defendeu que a OAB, a exemplo do que pretende reeditar se conquistar o segundo mandato, seja um instrumento da democracia, de defesa dos advogados e da sociedade. E disse esperar que durante o debate “as candidatas pedissem desculpas à categoria pela inação”.

 Em resposta à pergunta da apresentadora Silvana Oliveira, que conduziu o debate, sobre a posição do candidato frente à questão racial, Dinailton lembrou que foi na sua gestão, de 2004 a 2006, que foi criada a primeira Comissão de Defesa do Afrodescendente no Brasil, servindo de exemplo para criação de colegiado semelhante no âmbito federal e nos demais estados. “E nosso compromisso é com a ampliação da atuação dessa importante comissão”, frisou.

O debate contou também com a participação do candidato Ricardo Nogueira e dos repórteres Adelson Carvalho, Raimundo Varela, Pedro Sento Sé, Cris Cambuí, Gleidson Tavares, João Kalil e Rogério Alves. O ex-presidente Dinailton Oliveira denunciou, ainda, o abuso de poder econômico e político na campanha e a falta de independência para fazer o enfrentamento ao Poder Judiciário.

Ele1 - Criar site de notícias