Bahia

Cine Glauber Rocha assina com novo patrocinador após Governo do Estado formalizar contrato de concessão do espaço

A assinatura se tornou possível após o Governo do Estado prorrogar, na última sexta-feira (5), o período de concessão de uso do cinema por mais cinco anos para a empresa Espaço Cultural de Cinema de Salvador Ltda.

10/11/2021 09h11Atualizado há 3 semanas
Por: Redação
Fonte: Secom Bahia - (Pamela Simplício)
191
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O mais antigo cinema de Salvador, o Cine Glauber Rocha, firmou, nesta terça-feira (9), contrato de patrocínio por cinco anos com o Grupo Metha. A assinatura se tornou possível após o Governo do Estado prorrogar, na última sexta-feira (5), o período de concessão de uso do cinema por mais cinco anos para a empresa Espaço Cultural de Cinema de Salvador Ltda. Com a parceria, o equipamento vinculado à Secretaria de Cultura do Estado (Secult), passa a se chamar Cine Metha Glauber Rocha.

“Esse ato é a continuação do termo que assinamos prorrogando o período de concessão de uso do cinema por mais cinco anos, o que garantiu a permanência dessa casa na cena da arte. Hoje é um dia muito importante para a cena cultural, para a Bahia e para o Brasil. É o Cine Glauber Rocha que volta com força total e agora está apto a receber parcerias a partir desse momento”, afirmou a titular da Secult, Arany Santana.

Cláudio Marques, sócio do Espaço Cultural de Cinema de Salvador, acredita que manter o cinema funcionando foi uma vitória para a cultura da Bahia. “Esse é mais um renascimento dessa sala centenária, a mais histórica do cinema baiano. Eu tenho certeza que todo mundo que é apaixonado por cinema e pelo Centro Histórico de Salvador está muito contente, ainda mais nesse momento em que existe um movimento no mundo pela manutenção das salas de cinema como patrimônios culturais.

Localizado na Praça Castro Alves, o Cine Glauber é referência não só para os cinéfilos baianos como para quem visita Salvador. Foi inaugurado em 24 de dezembro de 1919, na Praça Castro Alves, com o nome de Kursaal Baiano. Mais tarde, foi renomeado de Cine Guarani e, depois, Cine Glauber Rocha, em 1981, em homenagem ao cineasta brasileiro, morto naquele ano.

Repórter: Tácio Santos

Ele1 - Criar site de notícias