Pólo

Trabalhadores ameaçam paralisar atividades do Polo Petroquímico de Camaçari

Paralisação das atividades na Tequimar, pode comprometer o funcionamento de empresas cuja matéria-prima depende do Porto da Tequimar.

07/10/2021 09h56
Por: Redação
Fonte: Ascom
197

O sindiquímica, sindicato que representa a  categoria, relatou uma série de fatores que segundo eles vem gerando grande insatisfação dos trabalhadores da empresa Tequimar, e que pode vir a gerar uma paralização que afetaria o funcionamento de empresas cuja matéria-prima dependeria do Porto da Tequimar.

O sindicato afirma que há um clima de falta de segurança no ambiente de trabalho e de medo após o grave acidente ocorrido na unidade da Tequimar em Santos–SP, em maio de 2020.

Também  e acusa a direção da empresa na Bahia de ter instaurado um clima de cobranças e excesso de trabalho  além de impor perdas aos trabalhadores, ameaçando acabar com a HRA (Hora de Repouso Alimentação) e promover arrocho salarial com reajuste menor que a inflação.

O Sindicato diz estar tomando as medidas cabíveis, com o acionamento da Superintendência Regional do Trabalho, o Ministério Público do Trabalho e a assembleia de acionistas.

Ele1 - Criar site de notícias