CODESAL
PMS SAUDE O1
AFRO BLITZ
Negócios

Fintech lança operação para financiar empreendimento residencial no Rio

Investidores, interessados em retornos de curto e médio prazos, vão financiar parte da obra

12/05/2022 16h50
Por: Redação
Fonte: Agência Dino
Divulgação
Divulgação

Após finalizar uma captação de R$ 25 milhões para a Gafisa, em janeiro, a fintech carioca Expeer lança agora uma nova operação de financiamento do mercado imobiliário, desta vez em parceria com a construtora Inti. A operação foi lançada esta semana com foco no empreendimento residencial Cora, na Gávea, Zona Sul do Rio. Os investidores, interessados em retornos de curto e médio prazos, vão financiar parte da obra. A operação retornará 18,65% ao ano com pagamento de juros a cada três meses. Ao final de 24 meses, será feita a devolução do valor total aos investidores, detentores das Cédulas de Crédito Imobiliário (CCI). O valor mínimo dos aportes é de R$ 1 mil.

O Cora será um empreendimento residencial, com 18 apartamentos de 70 a 119 metros quadrados, num dos bairros mais nobres do Rio. A previsão de entrega das chaves é agosto de 2025. A garantia do investidor está na alienação fiduciária de 100% das cotas do empreendimento e aval do sócio da Inti. A captação total será de R$ 2 milhões.

De acordo com Pedro Borlido, sócio da Expeer, a operação confirma a experiência da Expeer no segmento de investimento direto de pessoa física. E todo o processo é feito de forma próxima com o investidor. “Não é um tipo de negócio que você apenas informa o andamento da obra. Tem o pagamento trimestral, que gera uma renda passiva e um contato mais próximo”, disse Borlido.

A construtora Inti, com seis anos de existência, tem foco em empreendimentos residenciais do tipo boutique. A empresa tem 12 projetos no portfólio. Nove deles já entregues ou em construção estão 100% vendidos. Outros três estão em fase de lançamento.

O modelo de negócio que a Expeer adota nesta operação utiliza a plataforma da própria fintech, por meio da qual os investidores emprestam recursos a uma incorporadora para financiar início de obra ou eventuais deficiências de caixa de um empreendimento. Ou seja, de um lado um incorporador precisa captar um determinado recurso e do outro diversos investidores “se juntam” para emprestar esse recurso. A Expeer faz essa intermediação, operacionalizando o negócio.

Ele1 - Criar site de notícias